Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro 15, 2014

Frango com caril

1cebola grande1 Frango cortado em pedaços pequenos1 lata de Leite de coco1 malagueta ou piri piri q.b2 c. Sopa de Caril em pó2 dentes de alhoAzeites q.bSal q.b1lata de tomate em pedaços
Preparação Fazer um refogado com o alho, a cebola e o azeite. Depois da cebola começar a alourar distribuir o frango
 pelo fundo do tacho e envolver no refogado. Temperar com um pouco de sal e juntar o tomate em
pedaços. Tapar e deixar cozinhar cerca de 5 minutos. Numa tigela misturar o leite de coco com o caril e a
malagueta. Regar o frango com esta mistura , envolver 
bem, tapar e deixar cozinhar mais 15 minutos. Fica pronto a servir! Acompanhar com Arroz Bom sucesso Branquinho. *…para esta receita pode utilizar leite de coco caseiro na preparação desta receita. Adicione
 duas colheres de sopa de coco ralado a um copo de leite meio gordo, mexa e leve ao lume
 até levantar fervura. Por fim, passe o leite por um coador de rede fina. Para beber recomendo vinho verde branco Infusa

Parceria com Gradirripas

É com muito prazer que vós mostro a minha nova parceria com a      Gradirripas



Gradirripas, Lda. é uma empresa familiar, propriedade da família Violante, oriunda de Pernes, concelho de Santarém, situada bem no centro do país. Com ligações ao sector há já dois séculos, os actuais proprietários fazem parte da quinta geração de uma família tradicionalmente ligada à produção de artigos em madeira. Um saber que remonta aos finais do século XIX, quando Manuel dos Santos Violante trabalhava a madeira como uma verdadeira arte.A sociedade com a actual designação de Gradirripas – Artigos em madeira Lda., foi constituída em 2006 e dedica-se, sobretudo, ao fabrico de caixas em madeira para vinhos e produtos gourmet, bem como à produção de artigos em madeira para cozinha e pequeno mobiliário.A madeira utilizada no fabrico dos artigos provém, essencialmente, de pinhais da região centro de Portugal, adquirida a produtores que asseguram a sustentabilidade das florestas. Para tal, são feitas novas pla…